Como nascemos?

Wednesday, 1 de October de 2008

Luzia e monsenhor Jonas em uma das primeiras obras da Canção Nova

Luzia e monsenhor Jonas em uma das primeiras obras da Canção Nova

“Faça alguma coisa”. Esse chamado feito há mais de três décadas ao monsenhor Jonas Abib por Dom Antônio Afonso de Miranda, bispo emérito de Taubaté (SP), ecoa forte e instigante até os dias de hoje, não só dentro de corações e mentes dos membros da Canção Nova, mas para muito além dos limites geográficos da Chácara Santa Cruz – a sede desta comunidade ligada ao Movimento Católico Carismático; situada entre o Rio de Janeiro e São Paulo, no município de Cachoeira Paulista (SP).

Essa aventura de fé começou a ser escrita, em 1978, por 12 jovens liderados por um padre salesiano de testemunho de vida exemplar. E continua sendo construída todos os dias por mais de mil membros - a maioria anônima - entre sacerdotes, seminaristas, leigos, celibatários, casados, homens, mulheres, pais, mães e filhos de diferentes idades, profissões, origens e nacionalidades.

A história da Canção Nova, não por acaso, se confunde com a vida e o ministério desse líder religioso, que se tornou seminarista salesiano em Lorena (SP); depois cantor, músico e compositor de talento para se curar de uma gagueira e para lhe ser útil na evangelização. Tornando-se também animador de jovens em retiros espirituais e, por fim, o fundador e o grande timoneiro espiritual dessa comunidade católica atuante, na qual pessoas, de diferentes estados de vida, vivem em sadia convivência com a missão de evangelizar.

Como tudo começou

Jonas Abib era seminarista e estava fazendo o último ano de Teologia. O Senhor começou a agir nesse homem de Deus - de infância pobre vivida no bairro de Vila Nova Cachoeirinha, periferia de São Paulo – quando ele menos esperava. Ficou doente e foi transferido para Lavrinhas, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. Ele ainda não sabia, mas o Senhor já o estava empurrando para aquilo que viria a ser seu “campo de ação” e lhe mostrando o lugar onde realizaria o que fora determinado por Ele desde sempre.

Como não melhorou da enfermidade, o jovem seminarista foi enviado para o hospital de Piquete, também no interior paulista. Eram os caminhos de Deus, entrelaçados pelos da Virgem Maria. Naquela mesma época, na Diocese de Lorena, haveria uma “Mariápolis”, um tipo de encontro realizado pelos focolarinos. Mesmo debilitado, Jonas participou porque sentia um chamado do Senhor. E eis que Ele não falhou! O seu encontro pessoal com Jesus aconteceu ali.

“Deus foi subversivo comigo! Deu-meu uma doença; com ela levou-me para o Vale do Paraíba, em Piquete; e depois, em Lorena, levou-me para o encontro. O impressionante é que depois da ordenação desapareceram as dores de cabeça, o ‘embaralhamento’ de vista; tudo desapareceu! Era um pretexto de Deus”, lembra monsenhor Jonas Abib.

Padre Jonas celebra missa na Chácara de Santa Cruz

Padre Jonas celebra missa na Chácara de Santa Cruz

Em 1968, começaram os primeiros encontros com os jovens. A base da missão era lhes proporcionar o encontro pessoal com Cristo. No final de 1969, o jovem Jonas descobriu que estava tuberculoso e se transferiu para um sanatório em Campos do Jordão (SP); onde, além de se tratar, passou vários meses evangelizando. Preocupado com sua recuperação, o superior dele o enviou novamente para Lorena. Era Deus agindo novamente!

No dia 2 de novembro de 1971 o Senhor deu o “cheque-mate” em Jonas. Padre Haroldo Rahn, da Renovação Carismática Católica, ofereceu um encontro para os seminaristas de Lorena sobre a efusão e os dons do Espírito Santo. “Realmente não entendi bem o que era a Renovação; tampouco o que era efusão e os dons do Espírito Santo. Porém, os desejei do fundo do coração. Entendi que era o que me faltava!”, partilha monsenhor.

Daí em diante começou a caminhada para o que hoje é a Comunidade Canção Nova. A partir de 1972, começaram as experiências de oração no Espírito Santo, em Lorena. Assim, esse grande mensageiro de Deus já tocava na essência de sua missão: preparar um ambiente propício para que as pessoas pudessem ter o primeiro encontro pessoal com Cristo e o batismo no Espírito Santo.

A necessidade de um local apropriado para os encontros começou a surgir. Uma fazenda em Areias (SP) apareceu com a Divina Providência e a partir daí nasceu a Associação Canção Nova. Dois anos depois, Deus providenciou um objetivo maior e a primeira Casa de Missão começou a ser construída na cidade vizinha, em Queluz (SP). Batizada de “Canção Nova - a Casa de Maria”, o nome aponta a origem do que se tornaria a Comunidade mais tarde. Em junho de 1976 foi realizado o primeiro encontro: um Maranathá de moças. Começava aí uma história de fé e aventura em Cristo.

Chamado inspirador

A partir de um encontro, em 1976, com Dom Antônio Afonso de Miranda, na época bispo de Lorena (SP), nasceram as bases evangelizadoras da Canção Nova. Chamado ao escritório episcopal, padre Jonas, então com 37 anos, recebeu a missão de colocar em prática a Exortação Apostólica “Evangelii Nuntiandi”: Evangelização no Mundo Contemporâneo, assinado pelo Papa Paulo IV em 8 de dezembro e publicado em 21 de dezembro de 1975. O Santo Padre reconhecia no item 44 desse documento que “os batizados não são evangelizados”.

Ao apresentá-lo para o padre Jonas, Dom Antônio disse: “É hora de evangelizar porque os batizados não são evangelizados. Como você trabalha com jovens, comece com eles. Faça alguma coisa!”. O item 45 do mesmo documento – o de levar a Boa Nova a milhões de pessoas por intermédio dos meios de comunicação – também acabaria por inspirar o surgimento do Sistema Canção Nova de Comunicação.

Primeira lanchonete na Chácara de Santa Cruz

Primeira lanchonete na Chácara de Santa Cruz

Durante os anos de 1976 e 1977, padre Jonas oferecia encontros chamados “Catecumenatos” - um curso de catequese para jovens. Os pais, vendo a transformação dos filhos, também queriam participar. Dessa forma, acontecia ao pé da letra o que dizia o documento apresentado por Dom Antônio Afonso de Miranda ao padre Jonas: “(…) Tocados pela graça, descobrem pouco a pouco o rosto de Cristo e experimentaram a necessidade de a Ele se entregar” (EN, n. 44).

Passado um tempo, padre Jonas sentiu a necessidade de lançar um desafio à juventude: iniciar um “Catecumenato” interno, no qual os jovens deixariam a família, a casa e os estudos para se entregarem ao Espírito Santo. Os jovens de Queluz foram os primeiros a ser chamados e doze deles aceitaram a missão. No dia 2 de fevereiro de 1978, dava-se inicio à Comunidade Canção Nova com o seu primeiro compromisso.

Mas Deus queria muito mais desse profeta da modernidade e colocou forte em seu coração o próximo capítulo do documento:

“Em nosso século tão marcado pelos mass media, ou meios de comunicação social, o primeiro anúncio, a catequese ou o aprofundamento interior da fé, não pode deixar de se servir desses meios conforme já tivemos ocasião de acentuar. Postos ao serviço do Evangelho, tais meios são suscetíveis de ampliar, quase até o infinito, o campo para poder ser ouvida a Palavra de Deus e fazer com que a Boa Nova chegue a milhões de pessoas. A Igreja se sentiria culpável diante de Seu Senhor se ela não lançasse mão desses meios potentes que a inteligência humana torna cada dia mais aperfeiçoados. É servindo-se deles que ‘apregoa sobre os terraços’ a mensagem de que ela é depositária. Neles encontra uma versão moderna e eficaz do púlpito. Graças a eles consegue falar às multidões” (EN, n.45).

Tudo o que a Canção Nova é hoje nasceu desse documento pontifício sobre a evangelização e de uma experiência concreta disso [evangelização]. Dom Antônio foi enviado pelo Senhor para definir as coisas, mas não imaginava o alcance do que estava fazendo: Deus já estava usando algumas pessoas como instrumento.

Algum tempo depois, o Senhor preparou um plano maior para aquela missão e enviou padre Jonas e seus jovens missionários para Cachoeira Paulista, município do interior de São Paulo que seria conhecido mundialmente, mais tarde, como a “Cidade da Fé”.

Em 1979, logo depois do Rebanhão [retiro aberto realizado nos dias de Carnaval, em Cruzeiro (SP)], os enviados do Senhor começaram a construção de quatro casas em Cachoeira Paulista. Como ganharam apenas uma faixa do terreno, não era conveniente espalhar mais casas porque sabiam que iriam precisar da área restante para outras construções; então, foi feito apenas um sobrado.

Construção de uma das primeiras obras na Chácara de Santa Cruz

Construção de uma das primeiras obras na Chácara de Santa Cruz

Depois de alguns anos, com a Divina Providência, foram adquiridas mais terras e hoje o local conta com cerca de 372 mil m², onde fica o Centro de Evangelização Dom João Hipólito de Moraes (para 70 mil pessoas); o Rincão do Meu Senhor (para 4 mil pessoas); e o Auditório São Paulo (para 700 pessoas). Além de capelas; posto médico; escola; restaurante; padaria; postos bancários; lojas de artigos religiosos; pousada; área de camping e, no entorno, prédios administrativos e obras sociais.

“Cachoeira Paulista é o lugar onde Deus nos colocou para viver de maneira privilegiada a missão de evangelizar. Realizar essa evangelização pelos meios de comunicação: a mídia”, conclui monsenhor Jonas.

Veja também:

:: Saiba o que significa o Reconhecimento Pontifício

:: Monsenhor Jonas fala sobre a importância da aprovação dos estatutos da CN

:: Conheça as 30 músicas que marcaram a Canção Nova

Eliane Maria dos Reis

Muito bom, aliás é como a música da Fazenda da Esperança “Coisa de Deus” é a Comunidade Canção Nova com certeza. Não tenho palavras para me expressar e penso que todos que escutam e ouvem esta história se sente um pouco de um belo “ateu”, uma vez que todos nós podemos fazer todos os dias o nosso algo a mais para manter essa benção de Deus que é a Comunidade Canção no seu todo. Tudo é muito bom, tudo é maravilhoso é como abri as portas do Céu com certeza.
Monsenhor Jonas sinto não ter me apaixonado a mais tempo, mas penso também que tudo tem o seu tempo e este é o meu tempo assim como é o tempo de muita gente que depois da morte do Padre Léo, descobriu a TVCN, RádioCN, enfim a Comunidade Canção Nova e esta fazendo um balanço de sua vida e se voltando para as coisas de Deus. Amém!Amém!Amém! MIl vezes Amém.

Eliane Maria dos Reis

Luzia Santiago, vc é uma vencedora de Deus, e faz muitas serem vencedoras com vc. Isto é bonito, vcs vivem dentro de uma espiritualidade que causa uma inveja, e eu espero em Deus que essa inveja seja para o bem e não para o mal. Qtas vezes já quis e quero ainda fazer uma alguma coisa pelos jovens da minha cidade, que eu vejo, estão se perdendo por não terem nenhuma esperança ou direção de bem a seguir, as famílias pensam que estão ajudando, mas na verdade estão jogando-os para os braços do encardido(como dizia nosso bom e saudoso Padre Léo), elas deixam que eles faça o que querem, não tem uma formação, uma catequese. Os jovens da minha cidade que é do tamanho de um “Ovo” não dá oportunidade para nada, e pra nossa infelicidade/felicidade, só aparece para nós, padres Carrancudos, conservadores, não abertos ao Espírito Santo. São padre que não sabem ou não querem falar a língua dos jovens. Chegam com tudo pronto, desmancha o que “eles” jovens, estavam construindo, e joga-os de volta aos bares da vida. Infelizmente, estamos agora com um Padre que não fala, não pronuncia e nem gosta de que se fala em “Canção Nova”, ou no simples mencionar da palavra “Renovação Carismática”, é mto triste, pois ruim com ele, pior sem ele, porém as missas são tumultuadas, sem organização alguma, uma bagunça ” “, que dá dó, não tem uma equipe de leitores, cantores, enfim não existe uma organização ministerial se posso chamar assim. Nós aqui ainda usamos o Folheto de missa, que eu acho mto bom, uma vez que infelizmente a nossa assembléia ainda esta mto longe de poder participar de uma missa sem os mesmos. Só que ninguém merece os cânticos que os mesmos trazem, além de mudar praticamente toda semana, não temos local para ensaios e dentro da Igreja é mto complicado de se ensaiar, daí os cânticos das missas, acontecem daquele jeito, eu fico com mta tristeza no coração, uma vez que eu na maioria das vezes é quem estou lá para dar uma mãozinha e tentar na misericórdia cantar. E com certeza não fica bom, pois é tudo no improvisso, sempre. Sinto vontade de chorar todos os finais de semana que vou para lá, nossa Igreja templo é linda, em compensação a Igreja gente esta precisando ser EVANGELIZADA, e bem rápido, senão não sei não, só Deus mesmo.
Reze por nós, pela nossa paróquia, e principalmente pelo nosso Vigário Paroquial Padre José Antonio Nogueira.
Amo vcs de coração, vcs são lindos, são verdadeiramente uma “LINDA FAMÍLIA” a FCN. E Ser CN é bom demaiiiiiiiiiiiiiiis.
Eliane Reis

Sergio Barreto Salgueiro

Quando olho a historia da Canção Nova, lembro-me do que disse o Pe Léo em uma das suas pregações, que para saber se uma obra, é obra do espirito santo é só esperar para ver os frutos que darão, com isto vejo que realmente a canção é uma obra do espirito santo.
“Obrigado senhor por fazer acontecer suas vontades através de pessoas como Pe jonas”.

Maria Aparecida Ferreira

Eu participei no começo da comunidade canção nova, moro em Queluz, onde começou a comunidade com a construção da Casa de Maria, que é uma casa abençoada, a casa da mãe. Participei do primeiro Maranatha realizado em Areias na Fazenda Morada do Sol.Fiz parte da Diretoria da Associação Canção Nova por mais de uma gestão. Amo a Canção Nove. Conheci Jesus, comecei a amar o Senhor Deus através desta comunidade. Fui batizada no Espírito Santo e minha vida nunca mais foi a mesma. A gente cai, levanta e acredita que Deus nos ama apesar dos nossos pecados.
Abraços a todos da comunidade, em especial, meu pai Padre Jonas, hoje monsenhor Jonas, Luzia, Eto, Nelsinho e todos os que não se esqueceram de mim. Eu nunca me esquecerei de voces. Deus os abençoe e rezem por mim e minha família. Beijos- Fê de Queluz/Sp

Neves

Verdadeiramente Obra de Deus…Através da canção nova,
não imaginam quanto recebi ou melhor estou sendo a cada dia mais evangelizada,aprendi mais: a rezar., amar., partilhar., a viver nesse tempo tão cheio de maldade e armadilhas…pode ter certeza crescemos juntos… amo vocês. Nossa Senhora Rosário! Rogai por nós….

Glauce

A Canção Novo é uma GRANDE BENÇÃO DE DEUS!!
QUE ALEGRIA MORAR TÃO PERTO DESSA OBRA MARAVILHOSA!
GRAÇAS A DEUS POR TUDOS AI!!!

Cristiane Maria Banti Rocha

Essa obra é linda e abençoada, aos olhos humanos é inesplicável, é impossível, mas aos olhos misericordiosos de Deus é Confiança, Benção e Chamado e Fé. Jesus abençõe essa obra e abençõe a todos nós.

Renata Araújo Portelas

A Canção Nova é uma obra de Deus!É abençoada!VEJO DIRETO.AMO A CANÇÃO NOVA.TENHO PENSAMENTOS QUE PERSISTEM NA MINHA MENTE E COM A CANÇÃO NOVA SINTO PAZ E JESUS ME CUROU DE TODOS QUE VIERAM.OBRIGADAPOR TUDO.AQUINO RIO EU IA,MAS ACABOU.AMO CN

Para mim é um privilégio fazer parte dessa obra, que foi o próprio Deus que instituiu! Só tenho que agradecer o sim do Monsenhor, sua coragem e amor pelo Senhor Jesus Cristo, é assim que quero ser!
Sou feliz! Ser Canção Nova é bom demais!

Wallace de Brito Monteiro

Todos temos a certeza que a Canção Nova é realmente uma obra de DEUS. Também agradeço a Deus por ter usado desta obra para me dispertar e voltar-me para o caminho do Senhor.
A Canção Nova evangeliza como nenhuma paróquia consegue.
Parabéns Canção Nova! Continue abrindo-se cada vez mais a ação do Espírito Santo!!!

regiane

obrigada por fazerem parte de nossas vidas vcs são exemplo de vida ..parabéns ..que deus abençõe sempre amém

Guilherme e Camila

Parabéns pelo Reconhecimento Pontifício, sou fruto da Comunidade Canção Nova quando encontrei e li em 1994 o livro “A Bília foi escrita para voçê”. Que pelos méritos de Jesus e Maria voçês todos continuem a evangelizar o Brasil e o Mundo.

Zilma Ursinio

Agradeço a DEUS pela Canção Nova, através dela o SENHOR mudou a minha VIDA e da minha família completamente!!! É tão lindo! Tão simples! Brisa leve, tão suave e doce ESPÍRITO, Santo de DEUS…
Te AMO Pe. JONAS! O BRASIL te AMA! PARABÉNS!

Ser canção nova é dom d+,quero conhecer esta obra, se DEUS quizer no próximo amo eu irei aí.Moro em Caruaru Pernambuco e sempre estou ligada na canção nova,pela tv em casa e pela internet na loja.Peço que rezem por toda a minha família.

Mário Luís Scandiuzzi

Acompanho o trabalho da Canção Nova há pouco tempo, pela tv e pela internet. Mas vejo as maravilhas que a comunidade vem realizando neste tempo. Só posso pedir a Deus que abençoe a todos e que continue iluminando este importante trabalho.

ANA MARIA SILVA DE ALMEIDA

GOSTO DE MAIS COMTEMPLAR AS FOTOGRAFIAS (QUANDO SÃO MOSTRADAS) DAS PRIMEIRAS IMAGENS E CONSTRUÇÕES DA CANÇÃO NOVA. COLOQUEM DISPONÍVEIS MAIS FOTOS PARA AGENTE APRECIAR, É TÃO BOM!!!! BEIJOS PARA TODOS. EU OS AMO MUUUUUUUUUITO. ANINHA

Dalton Estrela

Só quem já visitou sabe o quão grande é importante pisar nesse solo Santo.
Que Deus honre cada um que ajudou na construção desse que sem dúvidas é um templo cheio da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Pax et Bonum!

Flávia Danielle-Consagrada da Comunidade Católica Betel

Parabéns Canção Nova!!
Deus abençoe vocês;vcs nem imaginam quanto bem trazem para o mundo…Eu sou testemunha disso e, quando vocacionada de fui muitas vezes abastecida pela orações e programações de vcs.Vcs marcaram minha vida…Obriada!

Edson Alves do Nascimento

Eu me alegro a toda Comunidade Canção Nova pelo brilhante trabalho que vem fazendo no nosso mundo!!!Padre Jonas e Luzia foram e são instrumentos de Deus para que a palavra do Senhor seja trasmitida a todos os povos!!Louvado Seja Deus !!!

parabens monsenhor jonas o senhor e luzia são os dois braço forte desta obra abençoada que deus vai conservar por muito tempo está familia maravilhosa eu tenho muito orgulho de ser um socio desta obra lindae de ser um codernador de caravana

Brandão.

Quando imaginamos saber TUDO da CN somos presentados com esse pequeno grande resumo. Parabéns a todos e em especial Mons. Jonas pela coragem e a sabedoria de ouvir o SENHOR.
Brandão - Imperatriz,MA.

WILLIAMS - GURINHÉM - PB

A Canção Nova é simplesmente o sistema de defesa ou anticorpos para muitos cristãos e não cristãos que vivem neste mundo de pecados.

Parabéns Canção Nova e o Monsenhor Jonas que aceitou a vontade de Deus.

Elza Camelo da Silva

Família Canção Nova, como é linda a história do seu nascimento.Uma grande lição de fé. Só tenho q agradecer a Mosenhor Jonas, Luzia, Eto e tda comunidade CN, pois vcs me trouceram de volta aos braços do Pai. Deus abençoe vcs. Elza Natal/RN.

Bernadete

Deus abençoe sempre esta obra!
Agradeço ao Misericordioso Deus por ter me resgatado através da canção nova.
Parabéns pela obra Maravilhosa.

Luiz-Viçosa

Parabens Canção Nova e em especial Pe. Jonas, Luzia e Eto,por serem doceis a ação de Deus. Para mim sempre quando ouço falar do Pe. Jonas e da Luzia e Eto, me vem duas palavras que define tudo, Empreendedores Espirituais em nome de Jesus.

Alan Carlos Barros de Sousa

O meu coração fica pulando de alegria quando me deparo com essa maavilhosa obra de Deus que é a Comunidade Canção Nova, essa comunidade que me acolhe todos os dias, seja pessoalmente ou atraves dos meios de comunicação.Obrigado CN!!!

Thiago Duch

Antes mesmo de ler um pouco sobre a hitória da comunidade, emociono-me ao ver as fotos do início, a fé com que construiram e acreditavam.
Eu vejo Deus em cada membro da comunida CN.

angela madalena celestino silva

nestas fotos,vemos claramente a foça de vontade,do carisma de voces,principalmente da gloria de DEUS ja manifestada em nosso meio através da cançao nova.Deus abençoe todos,que a sua mão poderosa esteja sempre convosco.gosto mt da família CN

mercês cardoso

A cancao nova é luz que nos leva até Deus,conhecemos muitos da cancao nova, mais eles nao nos conhece.por isso o que posso dizer é que irmão, estarei sempre na arquibancada da vida torcendo por vcs.sei q estao de juelhos p/ficarmos de pé.

Francisca Maria Andrade Vasconcellos

Eu amo a Canção Nova.Estou muito feliz com o Reconhecimento pelo Vaticanom dessa Comunidade.Parabenizo todos da Canção Nova no nome de seu fundador Monsenhor Jonas e Luzia.
Tenho 69 anos mas sonho ainda viver perto deste pedacinho do Céu

Amo a Canção Nova, louvo e bendigo a Deus, a cada dia pelo o Sim do Monsenhor Jonas, que hoje é exemplo para nós jovens que tb sentimos o chamado de Deus para salvar muitas almas através desse grande Carísma que é a Canção Nova. Amo a CN

Paulo Roberto da Silva

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo que nos enviou o Monsenhor Jonas Abib, e que o confiou uma das maiores obras de evangelização no mundo cristão,a Canção Nova tem um significado muito importante, me fez descobrir o Poder de Deus! Paulo

A COMUNIDADE CANÇAO NOVA É A PORTA DE ENTRADA PARA O CÉU, ONDE SE TEM O BILHETE ADQUIRIDO DAS MÃOS DE UM SANTO, O SANTO PE.JONAS, SONHADOR, IDEALIZADOR, DE DIVINA OBRA. A MINHA ESPOSA GILDA E QUEM ME A APRESENTOU ESTÁ DIVINA OBRA

vera lucia castilho andrade

DESDE O MOMENTO EM QUE EU OUVI COMENTARIOS SOBRE A CANÇAO NOVA EU COMECEI A ASSISTIR PELA TELEVISÂO E TAMBEM A PARTICIPAR DE GRUPOS DE ORAÇÂO E COM ISSO APRENDI A ORAR E A REZAR COMO EU NUNCA HAVIA FEITO.OREM POR MIM E MINHA FAMILIA.

vera lucia castilho andrade

VOCES SÃO PESSOAS ABENÇOADAS POR DEUS E ESCOLHIDAS DE MARIA SÃO MERECEDORES DA GLORIA DE DEUS ESTÃO SEMPRE CONFIANTES QUISERA EU TER ESSA FE E CONFIANÇA EM DEUS COMO VOCÊS,DEUS OS ABENÇÕE.OREM POR MIM

RUBENS RAMOS DA SILVA

ERA UMA PESSOA INATIVA, CATOLICO PARTICIPANTE, MAS SEM O ESPIRITO SANTO, CONHECI PE. LEO E A CANCAO NOVA A CINCO ANOS, DESDE ENTAO SOU CANCAO NOVA ATE FIM. DEUS ABENÇOI A TODOS OS COLABORADORES E IRMAOS DA CANÇAONOVA. OBRIGADO DEUS

ÉDER DE FARIA VILAÇA

Rezo agora e sempre a Deus humildemente, que abençõe a Comunidade Canção Nova. Pois através dessa obra “tua mão, senhor, desceu sobre mim, e me retirou da escuridão. Aos 33 anos fui resgatado, onde fui batizado, na casa da mãe Aparecidada.

Leonardo Salvi Zangarini - Colina/SP

Monsenhor Jonas e seus “anjos” (assim chamo o pessoal da Canção Nova) quero que saibam que através da CN minha vida mudou, minha casa é um céu de ternura, ficamos ligados o dia todo! Louvado seja Deus por essa obra maravilhosa! Léo

Angelo Maximo Preciliano

ATOS DOS APOSTOLOS CAP.5,38-39.Se o seu projeto ou sua obra provém de homens,por si mesma se destruirá,mas se provier de DEUS,não podereis desfazê-la.obrigado SENHOR JESUS pela CN.louvorglóriasabedoriaaçãodegraçashonrapodereforçaatimeuDEUS.

parabens cançao nova ,por esta vitoria,quem luta com jesus é mais que vencedor,DEus abencoe p.e jonas ,a luzia e todos da cançao nova,bendito elouvado seja,o pai, o filho e o espirito santo, amémmmmmmmmmmmm

N faz muito tempo que conhecí a comunidade canção nova e hoje já faz toda diferença na minha vida.Obrigada pela PALAVRA.Que Deus abençõe a todos.

Pe. Flávio Jorge Miguel Júnior

A Canção Nova é uma grande graça de Deus, para todo Brasil. Conheçi a Canção nova 1988 em Cachoeira Paulista, tinha então 18 anos e era coordenador dos jovens da arquidiocese de sorocaba.Quantos frutos!Quantas graças!Deus abençõe a CN.

leonardo guedes

parabéns vocês estão no caminho certo que DEUS POSSA SEMPRE ABENÇOAR A CANÇÃO NOVA LOUVAI A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS ANUCIAME ….

Meus amados da CN, Do lado de cá, ler essa história de fé, ação, escolhas e de amor, me faz lembrar dos dias nos quais não pude sair da cama pela minha enfermidade e Deus me abençoava com a cia de vcs.
Sejam sempre canção viva!Amém.

Lidia Said

A história da Canção Nova é muito linda, especialmente agora, que entra na maturidade e é oficialmente declarada pronta para evangelizar todos os cantos do mundo.Paróquias,movimentos,famílias, devem se espelhar na fé e coragem da CN!!

Lidia Said

Em família, os detalhes são sempre motivo de mais intimidade Gostaria de saber como os 1ºjovens se aproximaram do Pe Jonas,o que eles faziam antes, como se conseguiu um terreno, como “o Senhor enviou Pe Jonas”, quem eram os primeiros 12..?

Anderson Alves

Nossa, me arrepiei em cada palavra e em cada foto que vi nesta materia.
Obrigado Deus, obrigado

NAILTON ROCHA CORDEIRO

QUE DEUS ABENÇOE A TODOS OS QUE TRABALHAM NESTE PROJETO TÃO LINDO.E, QUE CONTINUE ABENÇOANDO A TODOS AQUELES QUE DE ALGUMA FORMA, COLABORAM COM ESTE LINDO PROJETO, QUE COM TODA CERTEZA É DE DEUS.

NAILTON ROCHA CORDEIRO

ME SINTO MUITO ORGULHOSO PELA EXISTÊNCIA DA CN.QUE EM NOME DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO,POSSA O SENHOR NOSSO DEUS, MULTIPLICAR SUAS BENÇÕES SOBRE ESTE LUGAR TÃO ESPIRITUAL, POIS É DISSO QUE O MUNDO ESTÁ PRECISANDO, ESPIRITUALIDADE.

NAILTON ROCHA CORDEIRO

CONGRATULATIONS CN !!!!!!!!!GOD BLESS YOU AS HE HAS BEEN DOING FOR THE PAST 30 YEARS.

BRAZILIAN PEOPLE ARE VERY PROUD OF OF YOU.

wilma

Deus abençõe toda comunidade Canção Nova. Obrigada Monsenhor Jonas pelo seu sim. Obrigada ao nosso saudoso Padre Léo que apresentou a C.N. para mim. Parabéns pelo reconhecimento pontifício. Amo voces!

Ilma Ribeiro

Agradeço muito por toda evangelização que tive pela Canção Nova Com espiritualidade que nos dá através de uma orientação eficiente e levando conhecimento nos seus meios de comunicação este Reconhecimento Pontifício confirma s valor Parabéns

Estou Glorificando a Deus e dando Graças com todos os irmãos da Canção Nova,pelo reconhecimento Papal, pois é o sucessor de São Pedro,com a autoridade que Jesus lhe deu,dizendo que a C.N. é Obra e Vontade de Deus! Obrigado Jesus e Pe.Jonas

Afonso

É com a Canção Nova que passei a respirar suavemente, ver o quanto Deus trabalha na nossa vida e o quanto sou egoísta faço tão pouco pelos os nossos irmãos, a Canção Nova esta me ensinando a mar a doa mais um pouco de mim enxergar os irmão de forma diferente,para amar a Deus temos primeiro amar as pessoas.

simplesmente espetácular a obra de DEUS , quando deixamos nossa vida nas mãos de DEUS tudo da certo muito obrigado DEUS por ter gerado uma obra maravilhosa , gostaria de deixar sugestão deste filme vencendo gigantes fala de fé no senhor

Com a Canção Nova, nossos caminhos em busca de Deus passaram a ser mais alegres e menos espinhosos. Não que as dificuldades deixaram de existir, mas a cruz que carregamos durante nossa vida ganhou um novo significado. Parabéns comunidade CN

Camila

Uma comunida linda como essa só poderia ter assim como tal uma historia linda tbm, que Deus continue abençoando essa obra tão linda, vcs são verdadeiros evangelhos vivos, PARABÉNS e Obrigada =D

Jussa Dagmar Flauzino

Faço renovamnto Giulianova, Regiao de Abruzzo, Italia, e me faz prazer estar contacto com voces, especialmente por ocasiao da minha permanecia a Sao PAULO- Sera por pouco tempo, mas gostaria de estar em contato. Um abraço s todos jussa.Ital

Leave a comment

faltam