Comunidade Canção Nova realiza 10ª Assembleia Geral

A Comunidade Canção realizou na última semana de abril a 10ª Assembleia Geral. De 25 a 27 de abril, o Conselho Geral e os membros eleitos se reuniram, de forma online, para debater pontos do funcionamento e organização da Comunidade. Durante os 3 dias, foram apresentados e aprovados o Relatório de atividades do Conselho Geral 2021, o plano anual de atividades, o orçamento das entradas e das saídas e do balanço econômico e financeiro, a metodologia e cronograma para Revisão Estatutária e o aditivo ao Diretório que trata de temas internos sobre a vida dos membros.

No primeiro dia de Assembleia, em missa presidida pelo Padre Wagner Ferreira, no Santuário Pai das Misericórdias, foram empossados 7 membros, que ocupam vagas de outros membros eleitos ao Conselho Geral ou que renunciaram à Assembleia. Em seguida, o foco dos trabalhos se deu efetivamente dentro da dimensão econômica e financeira e sobre a proposta de aditivo ao Diretório.

No segundo dia, foram apresentados o Plano Anual de Atividades de 2022, vinculado ao Plano da Ação Evangelizadora (PAE) 2022-2026, articulado desde junho do ano passado, quando a Assembleia aprovou o documento orientador de todas as outras etapas até a elaboração e aprovação definitiva do PAE 2022-2026, pelo Conselho Geral; e a prestação de contas das atividades do Conselho Geral em 2021, quando cada órgão de governo (Presidência, Formação Geral, Secretaria Geral, Economato Geral, Núcleos dos Clérigos, Celibatários e das Famílias) apresentou as ações executadas e as que, por diversas motivações não foram executadas.

Por fim, no último dia de Assembleia, foi aprovado o texto final do aditivo ao Diretório sobre a concessão de afastamento temporário, a migração de membros do modo de compromisso Núcleo para o modo de compromisso Segundo Elo e a transferência de membros celibatários para outras instituições acolhidas. Também foram apresentados e discutidos a metodologia e o cronograma da Reforma Estatutária, que será pauta da 11ª Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada de 23 a 27 de novembro. A reforma atende as exigências do decreto da Santa Sé, emitido no ano passado pelo Dicastério para Leigos, a Família e a Vida que disciplina o exercício do governo e da autoridade nas associações internacionais de fiéis. Um processo de escuta será realizado ao longo do ano com toda Comunidade. Desse processo será formulada uma proposta que, após votação colegiada, seguirá para aprovação da Santa Sé.

O que é a Assembleia Geral?
Nossos Estatutos Canônicos definem a essência da Assembleia, dentro do serviço da autoridade no carisma Canção Nova: “A Assembleia Geral é o momento forte em que toda Comunidade Canção Nova, deixando-se guiar pelo Espírito Santo, procura conhecer os desígnios de Deus para um determinado momento de sua história” (§ 71).

Parte dos membros da Assembleia Geral que moram em Cachoeira Paulista

Formada pelo presidente da Comunidade, Monsenhor Jonas Abib, que devido ao tratamento do mieloma presidiu a Assembleia de casa, os membros do Conselho Geral e pelos 88 membros eleitos pela Comunidade (membros aptos a voto, determinado pelo grau de pertença em cada modo de compromisso – Núcleo e Segundo Elo) em sistema de colegiado, a Assembleia Geral tem autoridade máxima e delibera sobre as questões mais importantes da Comunidade Canção Nova, além de aprovar o plano anual de atividades, o orçamento e o balanço financeiro e econômico.

Uma proposta sinodal
O funcionamento da Assembleia Geral adota o mesmo mecanismo de sinodalidade solicitado pelo Papa Francisco. Os assuntos são apresentados a todos os membros, que opinam, debatem, levantam propostas e aprovam de forma colegiada as resoluções e as medidas que serão adotadas por todo corpo da Comunidade, representado pelos membros eleitos.

A própria proposta da Reforma Estatutária, em adequação às exigências da Santa Sé, caminha no mesmo sentido: os membros da Comunidade poderão contribuir com as decisões futuras, tratadas em novembro deste ano, procurando os membros da Assembleia e apresentando sugestões, ideias, inspirações, que serão encaminhadas à equipe de redação do texto a ser avaliado na 11ª Assembleia Geral Extraordinária.

Aviso legal: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Canção Nova. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.