Série especial

Na terceira reportagem da série sobre as Novas Comunidades e os Movimentos Eclesiais – exibido pelo Telejornal Canção Nova Notícias -, você vai conhecer um pouco mais sobre a realidade das novas comunidades no Brasil. Elas surgiram no final da década de 70 e trouxeram um jeito novo de evangelizar, repleto de espontaneidade e radicalidade evangélica.

A primeira comunidade brasileira foi a Canção Nova, nascida na Diocese de Lorena (SP), em 1978, e fundada por padre Jonas Abib. Nos anos seguintes outras comunidades foram surgindo.

Assista à reportagem

O desejo de íntima comunhão com a Igreja tem levado as comunidades a buscarem a institucionalização. Embora com diferentes carismas, cada uma delas tem uma vivência comum de vida fraterna e de evangelização.

Para dar auxilio às novas comunidades foi criada a Fraternidade das Novas Comunidades. A formação dos membros dessa nova forma de vida é uma das prioridades da Fraternidade, justamente por se tratar de uma nova vocação na Igreja.

Veja também:

:: Reportagens mostram a realidade das Novas Comunidades, a obra Canção Nova e o Reconhecimento Pontifício

:: As Novas Comunidades, sob a visão de João Paulo II e Bento XVI

Aviso legal: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Canção Nova. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.