Dois novos diáconos da Canção Nova são ordenados para a Igreja

A Celebração aconteceu no Santuário do Pai das Misericórdias 

Por Raphael Leal

Neste domingo, dia onde a Igreja celebrou a Assunção de Maria ao Céu, a Comunidade Canção Nova teve a graça de testemunhar no Santuário do Pai das Misericórdias, a ordenação diaconal de dois de seus membros: Charles Jáder Gonçalves da Silva e Elenildo da Silva Pereira.

Ordenação diaconal de Charles Jáder e Elenildo da Silva. Foto: Bruno Marques

A celebração foi presidida pelo Administrador Apostólico diocesano e bispo emérito de Lorena-SP, Dom Benedito Beni do Santos. Em sua Homilia, destacou, Maria, como a Arca da Aliança do Novo Testamento.

Ordenação diaconal de Charles Jáder e Elenildo da Silva. Foto: Bruno Marques

“A Arca da Aliança era o símbolo da presença de Deus no meio do povo. E quando a Arca foi reencontrada, após muito tempo perdida, o rei Davi fez uma grande festa para receber a Arca da Aliança ….. E Maria,  realiza uma peregrinação até a casa de sua prima Isabel, cujo lar simboliza toda Israel, o povo escolhido de Deus. Nossa Senhora faz essa viagem apressadamente, pois ela tinha pressa de apresentar o Salvador ao mundo. E Isabel recebe sua prima com grande júbilo, a exemplo do rei Davi. Isabel reconhece Maria como sendo a Arca da Nova Aliança”, destacou Dom Benedito Beni.

Logo em seguida, o Administrador Apostólico da Diocese de Lorena, falou sobre o papel do diácono:

“Nesta data celebrativa, também nos alegramos pela ordenação diaconal destes dois jovens seminaristas, Charles e Elenildo, membros da Comunidade Canção Nova.

Ordenação diaconal de Charles Jáder e Elenildo da Silva. Foto: Bruno Marques

Esse diaconato se manifesta na diaconia da Palavra, na diaconia do altar e na diaconia da caridade. O diácono é servo do Evangelho. O diácono se coloca no altar a serviço, ao lado do bispo ou do presbítero que preside cada celebração eucarística. E o diácono, também, se coloca a serviço dos mais pequeninos deste mundo, a exemplo de Nosso Senhor Jesus Cristo, que também veio ao mundo não para ser servido, mas para servir.

O diácono, portanto, é aquele que gasta sua vida a serviço dos irmãos”, concluiu o Administrador diocesano de Lorena-SP

Após a imposição das mãos e a prece de ordenação realizadas por Dom Beni, os dois novos diáconos fizeram o seus agradecimentos:

Ordenação diaconal de Charles Jáder e Elenildo da Silva. Foto: Bruno Marques

 

Charles Jáder fez um resumo da infância e juventude do Elenildo – trabalho duro na roça plantando feijão e mandioca. Família simples de quatorze filhos, mas com uma criação na fé bem sólida com frutos palpáveis: dos quatorze filhos, Elenildo da Silva caminhando para o sacerdócio e duas irmãs freiras. Charles ressaltou: “Agora, Elenildo, em vez de laçar boi e vaca, estará laçando almas para Deus !”

 

 

 

Ordenação diaconal de Charles Jáder e Elenildo da Silva. Foto: Bruno Marques

 

Elenildo da Silva, por sua vez, apresentou a vida de Charles Jáder. Sua infância e adolescência no Recife- Pernambuco. Juventude como participante de torcida organizada e diversas noites e madrugadas dedicadas ao time do coração. Fruto da educação e fé de sua mãe em Cristo Jesus, Charles viveu uma profunda experiência com a Renovação Carismática Católica. Agora, segundo Elenildo da Silva: “Chárles, conduzirá um grande povo para a torcida de Jesus !”

 

 

 

Ordenação diaconal de Charles Jáder e Elenildo da Silva. Foto: Bruno Marques

Aviso legal: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Canção Nova. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.