Dia da Eucaristia, dia do sacerdócio

Mons. Jonas Abib, sacerdotes e seminaristas da Comunidade Canção Nova

 

A Igreja em todo o mundo celebra nesta quinta, 13, a última Ceia do Senhor, em que Jesus instituiu a Santa Eucaristia. Com o Corpo e Sangue do Senhor nascia também o sacerdócio da Nova e Eterna Aliança. Sacerdócio enraizado em Cristo e no santo sacramento do altar. Por isso, hoje podemos também celebrar o dia dos sacerdotes, que nesta quinta-feira renovam suas promessas ministeriais, dando continuidade ao exercício salvífico de Jesus. Não obstante, disse São João Maria Vianney que “o sacerdote é o amor do coração de Jesus. Quando vires o padre lembrai-vos de Nosso Senhor Jesus Cristo”.

Aqui na Canção Nova temos o hábito de todas as quintas-feiras santas reunir presbíteros, diáconos e candidatos às ordens sacras para unidos meditarmos as Laudes da Liturgia das Horas com nosso pai fundador, Monsenhor Jonas Abib. É momento de colhermos do coração do fundador as intuições de Deus para o sacerdócio e reforçarmos a unidade, hoje pedida pela Igreja.

Por que os seminaristas participam? Embora não sejam ordenados, retomamos algo que o Monsenhor sempre recorda: se somos chamados a esta vocação dentro da Igreja, então, no coração de Deus já somos sacerdotes. Agora, o que nos cabe é a conquista diária das promessas que o Senhor faz para nós e para outros por meio de nós.

Portanto, hoje, também é dia de rezarmos por todos os sacerdotes. Homens de diferentes histórias. Vocações únicas e irrepetíveis, como falava João Paulo II. Homens como quaisquer outros, retirados do comum dos homens, para exercer por graça de Deus – e não por méritos próprios -, o sacerdócio ministerial e ser testemunhas da misericórdia do Pai, da ressurreição do Filho e da força do Espírito.

Rezemos também pelos vocacionados ao ministério presbiteral para que portem na face a alegria do Evangelho e guardem no coração o ardor pelo anúncio do Senhor que vem, para que assim possam exercer sua missão: atrair almas para o coração de Deus.

 

Sem. George Lima

Comunidade Canção Nova

Comentários